Vitória decepciona, perde para o lanterna Doce Mel e se complica no Baiano

Com maior posse de bola, mas nenhuma criatividade e muitos passes errados, o Leão sofreu aumentou ainda mais a preocupação do torcedor para a sequência da temporada.

O Vitória voltou a decepcionar na temporada. Dentro de casa, o Rubro-Negro foi derrotado pelo Doce Mel, até então lanterna do Campeonato Baiano, por 1 a 0.

Com maior posse de bola, mas nenhuma criatividade e muitos passes errados, o Leão sofreu aumentou ainda mais a preocupação do torcedor para a sequência da temporada.

Com seis pontos ganhos, o time de Rodrigo Chagas ficou na oitava colocação do estadual, apesar de ainda ter dois jogos a menos, com apenas um ponto à frente do agora lanterna Fluminense. Já o Doce Mel, que venceu a primeira e marcou seu segundo gol na competição, com Bravo, subiu para a vice-lanterna, também com seis pontos.

PRIMEIRO-TEMPO

Vitória e Doce Mel fizeram um primeiro tempo de poucas emoções, mas as melhores chances foram do Rubro-Negro, que também chegou primeiro e mais vezes com perigo. Aos três minutos, Ruan Nascimento arriscou chute de fora da área e Nilton fez boa defesa.

Minutos depois, o Leão sofreu uma baixa. Cedric recebeu falta e deixou o campo com dores para a entrada de Soares.

Aos 23 minutos, outra chance dos donos da casa. Soares fez boa jogada pela esquerda e rolou para Catatau. Mas, na área, o atacante pegou muito mal e isolou.

Cinco minutos depois, a segunda baixa na equipe de Rodrigo Chagas. Foi a vez de Pedrinho deixar o campo com dores. O treinador promoveu a entrada de Roberto.

O Vitória ainda teve duas boas chances no primeiro-tempo. Aos 31, Alisson Farias cobrou falta venenosa e Nilton fez bela defesa. Já aos 37, foi a vez de Catatau fazer boa jogada pela direita e tentar o cruzamento. A bola desviou em Airton e quase enganou Nilton, que se esticou para espalmar.

SEGUNDO-TEMPO

O time de Salvador voltou para o segundo tempo com mais uma mudança. David entrou no lugar de Alisson Farias.

Aos quatro minutos, o Rubro-Negro balançou as redes com Catatau, que aproveitou rebote de cruzamento na área. Mas, a bola desviou em David, que estava impedido, e a arbitragem marcou a infração.

Mas, quem abriu o placar foi o Doce Mel. Aos 13 minutos, Bravo chutou forte da entrada da área e acertou o canto de Lucas Arcanjo.

Aos 19, o Leão quase empatou. Soares cobrou falta colocada e Nilton fez grande defesa.

Com maior posse de bola, mas sem criatividade e com muitos erros, o Vitória não conseguiu evitar a derrota em casa.

Compartilhe