Vigilantes da Ufba retornam ao trabalho

Segundo a Ufba, cada unidade afetada pela suspensão das aulas da noite de quarta irá elaborar um calendário para reposição.

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Os vigilantes que trabalham na Universidade Federal da Bahia (Ufba) retomam as atividades nos campi desde a noite da quarta-feira (8). Os trabalhadores, que reclamam de atrasos nos salários, entraram em greve na quarta. Em nota, a Ufba afirma que foi “surpreendida pela paralisação unilateral da prestação de serviços da empresa MAP”. Por causa disso, a universidade diz que vai “interpelar formalmente” a prestadora de serviço, já que a paralisação não teria amparo contratual. De acordo com a instituição, cada unidade afetada pela suspensão das aulas da noite de quarta irá elaborar um calendário para reposição, de modo que não haja prejuízo para os estudantes.

Compartilhe