‘Vamos seguir o decreto do governador’, diz Ednaldo Ribeiro

Município terá "lockdown" durante final de semana.

Foto: reprodução / Facebook

O prefeito de Cruz das Almas anunciou nesta sexta-feira, 26, que vai seguir o decreto estadual que determina o “lockdown” neste fim de semana em toda a Bahia. Segundo o gestor, mesmo com a pandemia controlada no município é necessário prevenir para que o pior não aconteça. “Sabemos que os leitos que nós temos na Bahia estão quase 100% ocupados e os infectados estão aumentando, a gente precisa neste momento é estar seguindo o decreto do Governo do Estado”, disse.

Ednaldo aproveitou ainda para pedir a população que respeite o decreto e não participe de aglomerações, para que os resultados da medida restritiva sejam positivos. “Eu preciso mais ainda da população. Que neste momento em que estamos vivendo se cuidem e não façam aglomerações”, acrescentou.

Ribeiro fez duras críticas a oposição que, segundo ele, insiste em fazer “politicagem” nas redes sociais, quando deveria se preocupar mais com a saúde da população e o futuro de Cruz das Almas. “Os desmandos desse grupo político que governou Cruz das Almas por 12 anos já é de conhecimento de toda a população”, completou.

Veja o que pode e o que não pode:

O que não pode

  • circulação noturna de pessoas das 20h às 5h;
  • lojas e comércio de rua;
  • bares, restaurantes, pizzarias, lojas de conveniência e similares;
  • shoppings e centros comerciais;
  • venda de bebidas alcoólicas está proibida em qualquer estabelecimento comercial, inclusive supermercados e delivery, a partir das 18h de sexta-feira;
  • eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas como: eventos desportivos coletivos e amadores, religiosos, cerimônias de casamento, eventos recreativos em via pública ou privada, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica;
  • estão proibidos, durante sete dias, os procedimentos cirúrgicos eletivos não urgentes ou emergenciais, nas unidades hospitalares de saúde públicas e privadas da Bahia;
  • quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras durante o período estipulado, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

O que pode

  • Serviços de alimentação por delivery poderão funcionar até meia-noite;
  • Mercados e padarias poderão funcionar até as 20h;
  • Feiras livres também poderão funcionar, desde que em local aberto e com distanciamento entre as barracas;
  • Serviços necessários ao funcionamento de indústrias, do setor eletroenergético e dos centros de distribuição, bem como o deslocamento dos seus trabalhadores;
  • Ainda segundo o decreto, podem funcionar normalmente os terminais rodoviários, metroviários, aquaviários e aeroviários; os serviços de limpeza pública e manutenção urbana; delivery de farmácia e atividades profissionais de transporte de privado de passageiros;
  • procedimentos cirúrgicos a serem realizados em clínicas e estabelecimentos que funcionem exclusivamente como hospital dia;
  • procedimentos cirúrgicos eletivos oncológicos e cardiológicos.
Compartilhe