‘Vamos acabar com o cocô’, diz Bolsonaro se referindo aos corruptos e comunistas

O presidente ainda voltou a acusar governadores do Nordeste de buscarem dividir o país.

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Durante discurso, transmitido ao vivo hoje (14) em uma rede social, o presidente Jair Bolsonaro disparou uma série de ataques ao PT, à esquerda e aos comunistas. Além de afirma que, nas próximas eleições, a “turma vermelha” será varrida do Brasil, Bolsonaro voltou a acusar governadores do Nordeste de buscarem dividir o país.

“O [prefeito de Parnaíba] Mão Santa me disse agora há pouco, que nós vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corrupto e comunista. Nas próximas eleições, nós vamos varrer essa turma vermelha do Brasil. Já que na Venezuela está bom, vamos mandar essa cambada para lá. Quem quiser um pouquinho mais para o norte, vai até Cuba”, declarou.

“Quando a gente vê agora pelo Brasil alguns governadores querendo separar o Nordeste do Brasil, esses cabras estão no caminho errado. O caminho do Brasil é um só: um só povo, uma só raça, uma só bandeira verde e amarela”, concluiu o presidente.

Compartilhe