Três pessoas da mesma família são presas por estupro de vulnerável em Santo Amaro

Um quarto suspeito de envolvimento no crime foi localizado no bairro de Periperi, em Salvador.

Foto: Divulgação/SSP

Três pessoas da mesma família tiveram as prisões preventivas cumpridas por estupro de vulnerável em Santo Amaro, nessa sexta-feira, 16. Dois homens e uma mulher foram detidos pelas equipes da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro). Um quarto suspeito de envolvimento no crime foi localizado no bairro de Periperi, na capital.

As prisões ocorreram dentro de ação nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que visa combater crimes praticados contra crianças e adolescentes em todo território nacional. Policiais de unidades que compõem os Departamentos de Polícia do Interior (Depin) e de Polícia Metropolitana (Depom) percorreram diversos endereços levantados no curso das investigações.

Conforme esclareceu a titular da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), delegada Simone Moutinho, a ação contribuiu para a dinamização do trabalho desenvolvido pela especializada. “Uma operação como essa acelera a execução das denúncias e auxilia na elucidação de diversos casos”, destacou.

Desenvolvida ao longo do mês de julho, a Operação culmina, nesta sexta-feira, com ações que apuram denúncias contra suspeitos de praticar casos de maus tratos, lesão corporal, abuso sexual, tortura, dentre outros.

Compartilhe