Suspeito de matar colega de trabalho com golpes de foice é preso em Itamaraju

Em nota enviada à imprensa, a polícia não entra em detalhes sobre as circunstâncias do assassinato.

Foto: Reprodução / Mercado Livre

Um homem foi preso na manhã dessa quinta-feira (9), em Itamaraju, por suspeita de ter assassinado um colega de trabalho na fazenda em que os dois trabalhavam. O crime ocorreu na noite de quarta (8), no distrito de São Paulinho, que fica na cidade, situada no sul do estado.

Segundo informações do G1, o assassino e a vítima, identificada como Valdemilson de Jesus, o “Nêgo”, bebiam juntos até se desentenderem porque o segundo não queria emprestar um isqueiro ao colega.

O Bahia Notícias procurou a assessoria de comunicação da Polícia Civil para confirmar as informações e a resposta oficial foi de que o crime já havia sido elucidado. O suspeito confessou a autoria do homicídio e disse que jogou o foice usado em uma represa. Durante as diligências, os investigadores ainda constataram que ele furtou uma lona na fazenda antes de fugir.

Em nota enviada à imprensa, a polícia não entra em detalhes sobre as circunstâncias do assassinato, mas diz que o suspeito foi encontrado na estrada que liga Itamaraju ao município de Prado.

“Ele tentava fugir da cidade e alegou ter sido motivado por uma discussão”, simplificou o delegado Gilvan de Meireles Prates, titular da Delegacia Territorial de Itamaraju.

De acordo com a polícia, o criminoso foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e furto e teve o mandado de prisão preventiva cumprido na unidade policial. Além disso, ele tinha uma ordem de prisão por estupro, expedida pela Justiça de Minas Gerais. Com a resolução do crime, o suspeito será encaminhado para o Presídio de Teixeira de Freitas.

Compartilhe