Sob cobrança, Bahia enfrenta o Altos-PI no estádio de Pituaçu

A partida pode marcar por novidades no Esquadrão de Aço.

Foto: Felipe Santana/EC Bahia

Derrotado pelo CSA no meio de semana, o Bahia viu a pressão aumentar por um time regular dentro de campo. Neste domingo (28), às 16h, a equipe enfrenta o Altos do Piauí em Pituaçu e precisa de um bom resultado para acalmar o torcedor, retomar a liderança e dar um início a uma nova fase dentro da temporada 2021.

A partida pode marcar por novidades no Esquadrão de Aço. Uma delas foi anunciada oficialmente na última sexta-feira (26). Com 1,94m de altura, o zagueiro Luiz Otávio garante que está preparado para atuar. Ele já está regularizado.

“Com certeza. Vinha trabalhando e terminei a Série B no final de janeiro. Fiz uma pré-temporada com a Chapecoense e venho trabalhando. Na hora que o professor Dado optar, estou pronto”, indicou.

“Tô muito feliz de estar no Bahia, uma grande realização na carreira. Vou dar o melhor para ajudar a equipe. Não tem muito o que falar da grandeza do Bahia, o crescimento dos últimos anos em termo de estrutura, de jogadores. Isso pesou bastante pelo tamanho que o Bahia é. Estou feliz e empolgado para poder ajudar o quanto antes”, disse.

O zagueiro Anderson Martins, que ainda recupera a parte física após lesão, é dúvida para estar entre os relacionados. Quem certamente está fora é o volante Matheus Galdezani, que ontem fez o seu primeiro treinamento no clube após se recuperar da Covid-19.

ALTOS

A equipe do Piauí passou por muitos problemas por conta do vírus. Para o jogo, o técnico Fernando Tonet não terá o lateral-esquerdo Tiaguinho e o volante Ray, que testaram positivo. Por outro lado, o volante Dos Santos retorna e fica à disposição. Com sete pontos e no quinto lugar do Grupo B, o Altos espera uma reabilitação no regional, já que vem de derrota para o Sampaio Corrêa por 1 a 0.

Compartilhe