Site do governo com dados sobre uso de drogas está fora do ar

Mudança coincide com a transferência de assuntos ligados ao uso de drogas no país do Ministério da Justiça para o Ministério da Cidadania.

Foto : Agência Brasil

O site do Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (Obid) está fora do ar. O domínio eletrônico é o único banco de dados oficiais com levantamentos nacionais sobre o uso de drogas no país.

De acordo com reportagem do G1 publicada hoje (4), uma busca no site “Wayback Machine”, que arquiva informações de páginas publicadas na internet, revela que a última data de visualização do site do Obid é o dia 8 de janeiro.

A mudança coincide com a transferência de assuntos ligados ao uso de drogas no país do Ministério da Justiça para o Ministério da Cidadania, há cerca de seis meses.

O banco de dados é referência para pesquisadores e profissionais da área de saúde que atuam em políticas voltadas a dependentes químicos.

Outra polêmica

O governo Bolsonaro foi envolvido em outra polêmica recente envolvendo dados sobre o uso de drogas. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) arquivou uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) sobre o uso de entorpecentes que demorou três anos para ficar pronta e custou R$ 7 milhões. Especialistas da área avaliam que o estudo foi engavetado por não confirmar a tese da existência de uma epidemia de drogas no país, defendida o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Compartilhe