Senador pede impeachment do ministro do STF Marco Aurélio Mello

Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou ter entrado com um pedido de impeachment do ministro por libertar o traficante André do Rap.

Foto: Nelson Jr/divulgação STF

Agência Senado

Durante pronunciamento nesta quinta-feira (19), o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou ter entrado com um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello. Girão atribuiu o pedido à decisão do ministro de libertar o traficante André do Rap.

— O Ministério Público nem sequer foi ouvido pelo ministro. Esse traficante já tinha duas condenações na segunda instância confirmadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas o ministro, que já libertou outros criminosos por crimes hediondos, outros traficantes, também confirmou a libertação de forma esdrúxula.

Para Girão, a decisão escandalizou o país e diminuiu a credibilidade do Supremo.

— Eu não tiro o direito da população de pensar que o STF é uma vergonha nacional. O único lugar que não poderia ter injustiça de jeito nenhum é no Supremo, e vemos uma série de decisões absurdas.

O senador lembrou ainda que o Senado é o único poder que tem função constitucional de investigar a Suprema Corte.

Compartilhe