Sem foro, investigação contra Weintraub por racismo é encaminhada para 1ª instância

Decisão foi tomada pelo ministro do STF Celso de Mello; ex-ministro é alvo de inquérito por ataque a chineses.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello encaminhou para a primeira instância da Justiça Federal o inquérito que investiga o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub por racismo contra chineses.

A decisão do membro da Corte ocorre porque, ao sair do governo no mês passado, o economista perdeu o foro privilegiado. Alvo no inquérito, das fake news, Weintraub embarcou para os Estados Unidos no último dia 20 sob risco de ser procurado em ação da Polícia Federal.

O ex-ministro é investigado por racismo devido a uma publicação feita por meio de sua conta no Twitter. “Geopolíticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em teLmos Lelativos, dessa cLise mundial? PodeLia seL o Cebolinha? Quem são os aliados no BLasil do plano infalível do Cebolinha paLa dominaL o mundo? SeLia o Cascão ou há mais amiguinhos?”, escreveu ele, trocando a letra “r” por “l”, em referência ao personagem criado por Mauricio de Sousa.

Compartilhe