São Tomé de Paripe e mais cinco praias de Salvador estão impróprias para banho, aponta Inema

Além de São Tomé de Paripe, trechos das praias de Tubarão, Periperi e Boca do Rio também entraram na lista divulgada.

Foto: Maiana Belo/G1 BA

De acordo com um balanço feito pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), seis praias de Salvador estão impróprias para banho neste final de semana. O boletim foi publicado nesta sexta-feira (19) e cita um trecho da praia de São Tomé de Paripe, uma das mais famosas de Salvador.

Segundo o Inema, a balneabilidade é considerada imprópria quando a densidade de E. coli (bactéria abundante em fezes humanas e de animais) for superior a 800 UFC/100 ml, em duas ou mais amostras, de um conjunto de cinco semanas, coletadas no mesmo local ou o valor obtido na última amostragem for superior a 2000UFC/100ml.

Outras circunstâncias também podem fazer com que uma praia seja considerada imprópria para banho. Alguns exemplos são derramamento de óleo, extravasamento de esgoto, ocorrência de maré vermelha, floração de algas potencialmente tóxicas ou outros organismos e surtos de doenças de veiculação hídrica.

Além disso, o período chuvoso pode influenciar nas classificações das praias, pois elas podem ser contaminadas pelos detritos das ruas.

Confira a lista de praias impróprias no fim de semana:

  • São Tomé de Paripe (em frente à casa Vila Maria, ao lado da rampa de acesso à praia);
  • Tubarão (em frente ao conjunto habitacional abandonado, próximo à antiga fábrica de cimento);
  • Periperi (na saída de acesso à praia, após travessia da via férrea);
  • Penha (em frente à barraca do Valença);
  • Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família, em frente à ladeira que dá acesso à praia);
  • Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas).
Compartilhe