Santos tem o 2º caminho mais ‘fácil’ entre times que lutam por vaga no G8

Entre as equipes com chance de classificação à próxima edição da competição continental, apenas o Ceará terá um caminho mais tranquilo.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

O empate em 1 a 1 conquistado pelo Santos contra o Atlético-GO, em Goiânia, não foi o resultado dos sonhos para os santistas, mas o torcedor do Peixe ainda tem bons motivos para acreditar na classificação para a próxima edição da Copa Libertadores. Isso porque a média de pontos dos adversários que o Alvinegro da Vila Belmiro terá pela frente nessa reta final de Brasileirão é a segunda menor entre os times que brigam pelas vagas restantes no G8.

Entre as equipes com chance de classificação à próxima edição da competição continental, apenas o Ceará terá um caminho mais tranquilo. Os quatro adversários do Vozão na reta final [São Paulo, Fluminense, Coritiba e Botafogo] somam 166 pontos na tabela, o que dá uma média de 41,5 por rival.

As cifras do Santos nessa mesma comparação são de 42,25, mas o Peixe conta com a vantagem de disputar três dos próximos quatro jogos em casa, enquanto o adversário cearense será visitante em dois encontros.

Por ironia do destino, o Corinthians, que segundo os matemáticos é um dos favoritos à oitava vaga para a Libertadores, é quem terá pela frente o caminho mais difícil. A média de pontos dos cinco adversários restantes para o Timão na competição [entre eles está o Santos] é de 52 pontos, cifra bastante superior a do Red Bull Bragantino, que tem o segundo caminho mais difícil entre os sete postulantes às duas vagas em aberto no G8 — média de pontos dos adversários: 47. O Santos ocupa a 10ª posição da Série A, com 47 pontos em 34 jogos disputados.

MÉDIA DE PONTOS DOS ADVERSÁRIOS QUE RESTAM NO BRASILEIRO:

Grêmio – 43,75

Corinthians – 52

Red Bull Bragantino – 47

Santos – 42,25

Athletico-PR – 46,25

Atlético-GO – 42,33

Ceará – 41,5

Compartilhe