Santo Amaro: Advogado desaparecido, morador de Feira é encontrado morto com sinais de tortura

O corpo foi achado há quase dez dias, porém, na ocasião, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro como “indigente”.

Arquivo pessoal

Desaparecido de Feira de Santana, onde morava, desde o último dia 15 de janeiro, o advogado Júlio Zacarias Ferraz foi encontrado morto, com sinais de tortura, no município de Santo Amaro, no Recôncavo Baiano. A distância entre as cidades é de aproximadamente 51 quilômetros.

O corpo foi achado há quase dez dias, porém, na ocasião, foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro como “indigente”.

Após a divulgação do desaparecimento no programa Ronda, da TV Aratu, a Polícia Civil daquela cidade entrou em contato com a de Feira, para posterior identificação do corpo.

Segundo informações do repórter da TV Aratu, Messias Teles, que acompanhou o caso, o advogado foi encontrado despido, com boca e mãos amarradas e com duas marcas de tiros nas costas. O corpo estava queimado. O crime deve ser investigado pela Polícia Civil.

Compartilhe