‘Quem é o jornalista pra dizer que alguém é bandido?ʹ, questiona Caco Barcellos

Um dos principais nomes da Rede Globo, o jornalista Caco Barcellos criticou os colegas de profissão que não dão ao suspeito o direito da dúvida.

Foto/Reprodução

Um dos principais nomes da Rede Globo, o jornalista Caco Barcellos criticou os colegas de profissão que não dão ao suspeito o direito da dúvida. De acordo com ele, é errado classificar alguém como “bandido” antes da apuração total do fato. “Quem é o jornalista pra dizer que alguém é bandido? Que pretensão é essa? Que arrogância é essa? Não foi no local e chama: ‘Bandido!’. É relato do coronel. Você não é coronel! Se quer fazer esse relato, que tire o microfone e pegue numa arma”, orienta. Em entrevista à Folha, ele criticou a atuação de membros do Ministério Público e de juízes. “Tem muita gente bacana atuando. [Também] no Ministério Público, juízes. Mas tem juízes como aquela do Rio de Janeiro que fez aquela desqualificação moral da Marielle Franco [referindo-se à desembargadora Marilia Castro Neves, que disse que a vereadora estava “engajada com bandidos”]. Olha o nível de uma mulher como essa! Vai ver o trabalho dela, como é que ela faz a caneta dela. Explica muita coisa”.

Compartilhe