Proposta no Senado visa proibir participação de condenados em propaganda eleitoral

Nos bastidores, ela foi apelidada de "Tira Lula" pelos parlamentares.

Foto: Divulgação

O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) apresentou um projeto de lei que proíbe a participação de pessoas condenadas criminalmente ou por ato de improbidade administrativa em propagandas eleitorais. Se aprovada, a proibição vai funcionar durante o período em que os alvos estiverem cumprindo pena restritiva de liberdade. Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, a matéria tramita em caráter terminativo, então, basta ser aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa para entrar em vigor. Nos bastidores, ela foi apelidada de “Tira Lula” pelos parlamentares. Isso porque na última eleição presidencial, o PT explorou a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que já estava preso em Curitiba, cumprindo pena pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Compartilhe