Presidente do Senado, Alcolumbre diz que assassinato de João Alberto escancara racismo no país

Outros parlamentares da Casa também se manifestaram.

Foto: Senado Federal

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou hoje (20) que o assassinato de João Alberto Silveira Freitas “escancara a necessidade de lutar contra o terrível racismo estrutural que corrói nossa sociedade”. João Alberto, homem negro, foi espancado até a morte por dois seguranças na saída de um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre, na noite de ontem (19).

Outros parlamentares da Casa também se manifestaram. As falas dos congressistas destoam da postura do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que afirmou não haver racismo no Brasil.

Compartilhe