Prefeitura de Feira de Santana prorroga suspensão de comércio considerado não essencial

Decreto, que foi publicado neste domingo (31), também prorrogou a suspensão de todas as atividades escolares da rede municipal e privada, até o dia 15 de junho.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Feira de Santana

A Prefeitura de Feira de Santana, cidade a 100 quilômetros de Salvador, prorrogou a suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais considerados não essenciais até o dia 8 de junho. O decreto, que foi publicado neste domingo (31), também prorrogou a suspensão de todas as atividades escolares da rede municipal e privada, até o dia 15 de junho.

O texto do decreto informou ainda que fica mantida a restrição, temporária, até o dia 8 de junho, da utilização do transporte coletivo urbano aos idosos que possuem direito à gratuidade tarifária, e dos estudantes beneficiários do Passe Estudantil, com o objetivo de preservar a vida e a saúde das pessoas incluídas no grupo de risco. Continua proibido o uso dos transportes entre 6h e 8h e 17h e 19h. Durante este período também “fica restrita, ademais, até às 20h, a circulação do transporte coletivo urbano no Município de Feira de Santana”.

Compartilhe