Polícias cumprem mandados de prisão e busca e apreensão em SE e BA contra grupo investigado por assaltos a bancos

A investigação teve início após explosão e tentativa de roubo por uma associação criminosa, em setembro do ano passado em duas agências no município de Carira.

Foto: Divulgação/PF

Três pessoas foram presas e uma pistola nove milímetros, além de dinheiro, foram apreendidos, pelas polícias Federal e Civil de Sergipe nesta terça-feira (8), durante uma operação para desarticular um grupo investigado por assaltos a bancos.

As diligências estão em andamento para cumprir, ao todo, 8 mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Carira (SE), Salvador (BA) e Jacobina (BA).

A investigação teve início após explosão e tentativa de roubo em setembro do ano passado em duas agências bancárias em Carira. Também foram feitos vários disparos de arma de fogo em direção aos prédios das polícias Civil e Militar da região. Durante a fuga, eles incendiaram dois veículos e fugiram sentido Bahia, pelo Povoado Bonfim.

A Polícia Federal realizou exames periciais e coleta de informações. Na ocasião, segundo a PF, os agentes utilizaram vestimenta especial para o desarme de explosivos que não haviam sido detonados.

Os mandados foram expedidos pela 6ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Itabaiana. Os envolvidos podem responder pela prática de crimes de dano, tentativa de furto qualificado e associação criminosa.

A Operação é chamada de ‘Machine buster’, e faz alusão aos caixas eletrônicos incendiados e destruídos. Além das policias sergipanas, também participa o apoio tático da Coordenação de Operações Especiais da Polícia Civil da Bahia.

Compartilhe