Policiais militares e familiares fazem passeata pelas ruas de Feira de Santana

O coordenador da Aspra-Associação dos Praças da Polícia Militar, Paulo dos Anjos, afirmou que desde 2012 o governo vem descumprindo os acordos feitos com a categoria.

Foto: Ney Silva/ Acorda Cidade

Um grupo formado por policiais militares e seus familiares, além de viúvas de policiais e bombeiros militares, participaram no final da tarde desta segunda-feira (14) de uma passeata, em protesto contra o governo do estado, que , segundo eles, ainda não atendeu as reivindicações da categoria.

O coordenador da Aspra-Associação dos Praças da Polícia Militar, Paulo dos Anjos, afirmou que desde 2012 o governo vem descumprindo os acordos feitos com a categoria.

“O governo promete, assina o acordo e não cumpriu em 2012 e em 2014. Por isso nós estamos aqui novamente nas ruas nesse movimento por toda a Bahia, porque o governo do estado não tem palavra. Já procuramos todas as autoridades do estado, inclusive o Tribunal de Justiça, que tem a obrigação de implantar uma audiência de mediação entre o governo do estado e a categoria, mas o tribunal foi omisso na sua parte. Então ao ver que não havia nenhuma solução e as autoridades não tomariam nenhuma postura, os policiais e bombeiros estão nas ruas. Em Salvador, acontece o mesmo movimento, pra demonstrar a nossa insatisfação. Pra o movimento terminar depende do governo do estado”, declarou.

Compartilhe