Plantações com 2 mil mudas e mais de 150 pés de maconha são encontradas pela polícia e destruídas entre Pilão Arcado e Jussiape

Um homem foi levado para delegacia.

Foto: SSP-BA/Divulgação

Plantações com 2 mil mudas e 175 pés de maconha foram encontradas e erradicadas, no início da manhã desta sexta-feira (18), entre as cidades de Pilão Arcado, no norte da Bahia, e Jussiape, que ficam na região da Chapada Diamantina. Na ação, um homem foi levado para a delegacia.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SPP-BA), em Pilão Arcado, os policiais da 25ª CIPM acharam as plantações em um local chamado Sítio Gado Brabo, após receberem uma denúncia anônima de movimentação de traficantes na região.

Conforme informações da SSP-BA, a roça de maconha foi cultivada nas proximidades da represa do Lago de Sobradinho para facilitar a manutenção e irrigação das mudas. A droga estava quase pronta para a colheita e renderia 200 kg, informou a SSP-BA. Algumas mudas da erva foram levadas para a delegacia da cidade e serão encaminhadas para perícia.

Já no povoado de Tamanduá, em Jussiape, as equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Sudoeste encontraram uma plantação com 175 pés de maconha. O dono do terreno foi levado para a delegacia local, mas não há informações se ele chegou a ser preso.

Compartilhe