Placar por cassação do mandato de Targino Machado chega a 3 a 1 no TRE-BA

Legislador foi denunciado por oferecer atendimentos médicos com intuito de angariar votos para sua campanha.

Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

O julgamento da ação que pede a cassação do mandato do deputado estadual pelo DEM baiano, Targino Machado, foi retomado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), na manhã desta terça-feira (5). O resultado parcial é de 3 a 1 a favor da perda do mandato do parlamentar. No último dia 29, quando o julgamento foi iniciado, Machado teve o voto favorável do relator, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, e da juíza Patrícia Szporer.

Nesta terça, o juiz Antônio Oswaldo Scarpa leu seu voto pela procedência do processo. O juiz José Batista deu parecer contrário à perda do mandato. Os juízes Freddy Pitta Lima e Diego Lima de Castro informaram que vão aguardar o voto do presidente do TRE, desembargador Edmilson Jatahy Júnior, que pediu vista.

O legislador foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) por oferecer atendimentos médicos para a população de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, com intuito de angariar votos para sua campanha.

Compartilhe