Pessoas são mais importantes do que economia, diz Papa Francisco sobre pandemia

O discurso foi feito em um momento em que países decidem como vão retomar atividades após as restrições adotadas para tentar evitar a disseminação do coronavírus.

Foto: VaticanNews

Durante discurso feito hoje (31), o Papa Francisco saiu do texto previsto e afirmou que pessoas são mais importantes do que a economia, em um momento em que países decidem como vão retomar atividades após as restrições adotadas para tentar evitar a disseminação do novo coronavírus.

“Curar as pessoas, não poupar (dinheiro) para ajudar a economia (é importante), curar as pessoas, que são mais importantes do que a economia”, disse o Papa. Segundo o G1, a fala do pontífice foi a primeira feita em três meses de sua janela para a Praça de São Pedro, no Vaticano, conforme o isolamento da Itália chega ao fim.

Compartilhe