Pesquisadores criticam resposta ao óleo do governo brasileiro

Em cartas publicadas na revista Science, o grupo ainda reivindica ações das autoridades a fim de minimizar os danos ambientais.

Foto: Leitor/Metro1

Três cartas assinadas por pesquisadores brasileiros e estrangeiros reclamam da demora e da forma de atuação do governo federal em reação ao derramamento de óleo que atingiu praias no Nordeste e no Sudeste desde o segundo semestre de 2019. O grupo ainda reivindica ações das autoridades a fim de minimizar os danos ambientais.

Trinta e cinco especialistas endossam os três documentos, que foram publicados na edição desta semana da revista Science, uma das mais conceituadas em divulgação científica do mundo. Procurado pela reportagem do portal UOL, o Ministério do Meio Ambiente não se manifestou sobre as manifestações dos pesquisadores até a publicação.

Compartilhe