Para se afastar do Z-4, Vitória enfrenta a Ponte Preta no Barradão

A partida marcará o reencontro de Apodi com o Vitória, clube que o projetou para o futebol.

Foto: Max Haack/Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória venceu o Figueirense por 3 a 0 na rodada anterior e agora tem pela frente a Ponte Preta, no duelo que acontece nesta sexta-feira (20), às 16h30, no Barradão. O time rubro-negro ainda não venceu dois jogos consecutivos na Série B desta temporada e quer derrubar essa escrita diante da equipe de Campinas.

“A gente ainda não conseguiu vitórias consecutivas na Série B. A gente vinha em um momento delicado, mas conseguiu a vitória no último jogo. Acho que temos que pensar jogo a jogo, pontuar. Precisamos vencer jogos consecutivos se quiser ter uma chance na parte de cima da tabela”, disse Léo Ceará.

Thiago Lopes também compartilha o mesmo pensamento de Léo Ceará. “A gente se cobra bastante. A gente sabe que aquele jogo passou. A gente viu que temos condições de ter uma sequência de vitórias. Nosso foco tem sido totalmente na Ponte Preta. A equipe tem melhorado, buscado aperfeiçoar, melhorar pontos que erramos. Tenho a expectativa de que dará tudo certo nessa sequência”, projetou.

A partida marcará o reencontro de Apodi com o Vitória, clube que o projetou para o futebol. O atleta pregou respeito ao Leão e cobrou atenção redobrada.

“O Vitória é uma grande equipe do futebol brasileiro. Eu praticamente comecei minha carreira lá. É o clube que me projetou, então tenho muito respeito. Deve estar uma pressão grande lá. Era para o time estar brigando em cima, agora tiveram um bom resultado e têm um grande treinador. Temos de fazer uma boa marcação e ficar atento aos detalhes. Isso tem sido um ponto negativo no nosso time: temos pecado muito nos detalhes. Se ficarmos concentrados os 90 minutos, em algum momento a gente vai ter uma oportunidade”, afirmou.

Compartilhe