Oposição fica aliviada com fim de Renda Brasil e prevê só más notícias para Bolsonaro

Opositores temiam que programam turbinasse popularidade do presidente entre os mais pobres.

Foto: reprodução TV Brasil

Os opositores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemoraram a decisão do governo federal de não mais lançar o programa Renda Brasil. A iniciativa era temida porque, ao aumentar os ganhos dos beneficiários do Bolsa Família, Bolsonaro poderia passar a ser mais bem visto entre os mais pobres.

Segundo informações da coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, líderes que criticam o governo dizem que o presidente só terá notícias ruins para dar à população a partir de agora: inflação de alimentos, corte no auxílio emergencial, problemas na Amazônia e no atendimento do INSS. O alívio dos opositores com o fim do programa ocorre porque a popularidade de Bolsonaro cresceu nas últimas pesquisas, justamente devido ao auxílio.

Compartilhe