Operação Palhares faz buscas em casas nas cidades de Cruz das Almas e Muritiba

Vinte e dois endereços na Bahia foram alvos de buscas e apreensões.

Foto: Divulgação

Vinte e dois endereços na Bahia foram alvos de buscas e apreensões realizadas pela Operação Palhares anteontem contra três advogados do estado suspeitos de integrar uma organização criminosa especializada em comercializar créditos tributários fraudulentos para empresas com dívidas milionárias na Receita Federal. Ao todo, a Justiça do Rio de Janeiro, responsável pelas ações da Palhares, autorizou a devassa em 17 apartamentos, casas e salas comerciais de diversos bairros de Salvador, além de cinco imóveis em Cruz das Almas, Muritiba, Jequié e Lauro de Freitas.

Compartilhe