OMS pede que Brasil apoie suspensão de patentes de vacinas

Brasil hesita em dar apoio; mas sofre uma pressão cada vez maior, inclusive por parte do Congresso.

Foto: Governo de SP

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Gebreyesus, aproveitou a reunião bilateral com o governo brasileiro ontem (3) para pedir que as autoridades nacionais apoiem a suspensão de patentes de vacinas. A informação foi divulgada pelo portal Uol, na coluna Jamil Chade.

A OMS defende a proposta de cem países em desenvolvimento que querem que a propriedade intelectual sobre esses produtos seja suspensa enquanto a crise assolar o mundo. O Brasil ainda hesita em dar seu apoio a uma suspensão generalizada de todas as patentes. Mas sofre uma pressão cada vez maior, inclusive por parte do Congresso.

Compartilhe