Número de desistências no Mais Médicos aumenta e chega a 19% dos inscritos

O número de desistências cresceu 25% em relação ao balanço anterior.

Foto : Agência Brasil

Cerca de 19% dos médicos brasileiros que entraram no Mais Médicos desistiram de participar do programa até o mês de maio. Dados mostram que 1.325 profissionais se desligaram do programa até agora. O número de desistências cresceu 25% em relação ao balanço anterior, que indicava 1.052 médicos desistentes nos três primeiros meses do ano.

Depois que Cuba saiu do programa, em novembro, um edital foi aberto para preencher as 8.517 vagas que foram deixadas. Médicos formados no Brasil preencheram 7.120 das vagas e em outro edital aberto em dezembro, as 1.397 vagas remanescentes foram oferecidas a médicos brasileiros formados no exterior. O Ministério da Saúde alega que não há desistências nesse grupo.

Compartilhe