Nomes de comandantes para PF e PRF devem passar pelo crivo de Bolsonaro

Novo ministro da Justiça, Anderson Torres, tomou posse em cerimônia reservada nesta terça.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Os nomes escolhidos pelo novo ministro da Justiça, Anderson Torres, para os comandos da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) vão precisar passar pelo crivo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A informação é da analista da CNN, Renata Agostini.

De acordo com a analista, o presidente deu autonomia para Torres, mas autorizou o novo ministro a colocar no comando da PF e da PRF apenas nomes mais alinhados a ele. Anderson Torres tomou posse como ministro da Justiça em cerimônia reservada nesta terça (6). Ele assumiu o lugar que estava sendo ocupado por André Mendonça, que voltou ao comando da Advocacia Geral da União (AGU).

Compartilhe