Morre jornalista e escritor Luiz Maklouf Carvalho aos 67 anos

Vencedor de dois prêmios Jabuti, Maklouf morreu de câncer no pulmão.

Foto: Reprodução

O jornalista e escritor Luiz Maklouf Carvalho morreu, hoje (16), aos 67 anos, por um câncer no pulmão que tratava há dois anos. Ele nasceu em Belém, no Pará, e era repórter de O Estado de S. Paulo desde 2016.

O jornalista foi vencedor de dois prêmios Jabuti de livro-reportagem por “Mulheres que foram à luta armada” (Globo, 1998) e “Já vi esse filme: Reportagens (e polêmicas) sobre Lula e/ou o PT” (1984/2005). Maklouf também foi autor de livros e reportagens que marcaram o jornalismo brasileiro retratando alguns dos mais importantes personagens da República, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao atual ocupante do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro.

Luiza, filha de Maklouf, prestou homenagem ao pai pelo Facebook: “Deixa um legado para o nosso país, uma obra importante, 7 livros, centenas de reportagens. Um jornalista repórter investigativo dos poucos. Para mim e para muitos, o melhor! Para mim, na verdade, o melhor em tudo: na cozinha, na leitura, na escrita, na escuta, na direção, no xadrez, na posição política, na visão de mundo, no amor pelo mundão, na sensibilidade para captar o melhor da música, da literatura”, escreveu.

Compartilhe