Moro diz que Bolsonaro assumiu com ele ‘compromisso’ para ações de segurança pública

Ministro participou de entrevista no 'Pânico' e defendeu sua atuação na área da segurança.

Foto: Reprodução/Transmissão Rádio Jovem Pan

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou hoje (27), que o presidente Jair Bolsonaro, ainda em 2018, assumiu com ele o “compromisso” de integrar ações de Justiça e de Segurança Pública no “superministério” para o qual foi convidado após Bolsonaro ser eleito presidente.

“Foi o compromisso que eu e Bolsonaro fizemos em 1º de novembro quando ele me convidou”, disse Moro após ser questionado sobre ações de Segurança Pública no programa Pânico, da Rádio Jovem Pan.

A declaração destoa do que o presidente afirmou na semana passada ao ser questionado sobre a possível divisão da pasta de Moro, ideia da qual ele já recuou. “Se for criado, aí o Moro fica na Justiça. É o que era inicialmente. Tanto é que, quando ele foi convidado, não existia ainda essa modulação de fundir (a Justiça) com o Ministério da Segurança”, afirmou Bolsonaro.

Compartilhe