Ministra Damares admite agir para vetar filme da Netflix

Pessoas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro enxergam incentivo à sexualidade na produção, alvo também do filho Eduardo Bolsonaro.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Lançado no Brasil pelo nome de Lindinhas, o filme ‘Cuties’ virou alvo da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Em postagem no twitter, a auxiliar do presidente Jair Bolsonaro afirmou que avalia que medidas pode tomar para vetar a exibição da produção.

A ministra postou um trecho da reportagem de Veja com o título “Damares quer vetar filme da Netflix acusado de sexualizar crianças” – “Já estudamos que medidas podem ser tomadas”, comentou, no tweet.

O filme também foi alvo no final de semanas de ataques do deputado federal e filho do presidente, Jair Bolsonaro. “Netflix incentiva erotização precoce ao exibir filme com crianças de 11 anos dançando de maneira sensual”, escreveu o parlamentar.

Compartilhe