Milhares de fiéis comparecem a celebração à Santa Dulce dos Pobres

Primeira cerimônia em homenagem à santa aconteceu na Arena Fonte Nova, neste domingo.

Foto: Reprodução/Globo

Cerca de 43 mil pessoas se deslocaram até a Arena Fonte Nova neste domingo (20), para a primeira cerimônia em celebração à Santa Dulce dos Pobres, canonizada no último domingo (13), no Vaticano. Os ingressos foram distribuídos gratuitamente nas paróquias da Arquidiocese de Salvador, e além dos que participaram da programação interna, dezenas fiéis se reuniram nos arredores do estádio, para uma procissão no Dique do Tororó levando a imagem da santa.

O público se concentrou nos arredores da arena cerca de 3h antes dos portões abrirem, ao meio-dia. Uma enorme fila se formou para aguardar a entrada no estádio. Entre os fiéis, que em sua maioria, eram idosos, haviam diversos funcionários e voluntários das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID).

A celebração contou com um espetáculo teatral e uma missa presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, além de quatro grupos musicais e a cantora Patrícia Ribeiro. A cantora Margareth Menezes também participou do espetáculo e subiu ao palco vestida de freira. Saulo e Tuca Fernandes cantaram a música “Doce Luz”, que homenageia o legado da Santa Dulce dos Pobres. Além de Adelmário Coelho, Targino Gondim e o sanfoneiro Waldônys, um coral também entoou cânticos à santa. Do lado de fora do estádio, havia um grande número de comerciantes vendendo azulejos, bijuterias, acessórios e bonecas em alusão à Santa Dulce dos Pobres.

Compartilhe