Meta de expansão do ensino superior no Brasil só deve ser atingida em 2037

Segundo especialistas, o dado é resultado da queda de repasses do governo federal.

Foto: Ilustrativa

Um estudo da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes), em parceria com a empresa Educa Insights, revela que a meta do do Plano Nacional de Educação (PNE) para o Brasil, de que um terço dos jovens de 18 a 24 anos estejam matriculados em algum curso de graduação, só deve ser atingida em 2037. A perspectiva, em 2014, era de que essa expansão do ensino superior fosse atingida em 2024.

No entanto, o estudo que analisou a variação registrada entre 2015 e 2017 (ano dos dados mais recentes) e projeta que, no ritmo atual, essa meta só será atingida daqui a 18 anos. De acordo com análise divulgada pelo G1, a taxa média dos primeiros anos de vigência do PNE contrasta com a expansão registrada no início da década e, segundo especialistas, esse é um resultado direto da queda de repasses do governo federal tanto ao ensino superior público quanto ao setor privado.

Compartilhe