MEC quer incluir crianças de 6 anos em avaliação federal

Política deve ser implementada ainda nesse ano para mensurar alfabetização de alunos.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) quer incluir crianças de 6 anos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A ideia é estender a avaliação para todas as séries da educação básica. A mudança não tem respaldo da área técnica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Atualmente, o Saeb é aplicado nas séries do 5 ao 9º ano do ensino fundamental e no 3º do ensino médio. Os resultados são cruzados com dados do fluxo escolar, como repetência e abandono, para que chegue ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

O cronograma proposto pela cúpula da pasta prevê a inclusão gradual das demais séries até 2025, com início já neste ano da avaliação do 1º ano. De acordo com a Folha, essa foi uma demanda da Secretaria de Alfabetização (Sealf) do MEC, comandada por Carlos Nadalim, indicado pelo escritor Olavo de Carvalho. A Sealf capitaneia a nova Política Nacional de Alfabetização do governo, e prevê uma avaliação de fluência de leitura por meio de gravação da leitura das crianças.

Ainda segundo a Folha, há intenção também de reformular o Exame Nacional do Ensino Médico (Enem), objeto de ações judiciais em decorrência das falhas nas correções das provas aplicadas em 2019. A previsão é que um grupo de trabalho defina as alterações até o fim deste ano, para que sejam aplicadas a partir de 2024.

Compartilhe