Lula: ‘No meu tempo, o povo tinha orgulho de poder comprar picanha’

Ex-presidente usou as redes sociais para criticar disparada no preço da carne no governo Bolsonaro.

Foto: Lula Marques/ Agência PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou as redes sociais neste domingo (8) para criticar o preço da carne, que disparou 8,09% em novembro e puxou a inflação para cima. “Não é possível que o Brasil seja o país com o maior rebanho de gado do mundo e o povo pobre não pode comprar carne. No meu tempo de governo o povo tinha orgulho de poder comprar picanha pro churrasco e hoje não consegue comprar meio quilo de carne moída”, escreveu Lula.

Segundo o IBGE, a carne teve maior impacto individual na inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que acelerou a 0,51% em novembro, após ter fechado em 0,1% em outubro. Esse foi o maior valor da inflação em novembro desde 2015 (1,01%). Em novembro do ano passado, a taxa havia sido negativa (-0,21%).

Compartilhe