Lockdowns abrem caminho para recuperação mais rápida, diz FMI

Segundo relatório, suspender o lockdown e deixar que o vírus "se espalhe sem controle" gera "consequências econômicas desastrosas".

Foto: Reuters

Um relatório divulgado ontem (8) pelo FMI (Fundo Monetário Internacional) disse que apesar dos custos econômicos da adoção de lockdown em diversos países, a medida pode abrir caminho para uma recuperação mais rápida, ao reduzir o volume de infecções.

Segundo o relatório, suspender o lockdown e deixar que o vírus “se espalhe sem controle” gera “consequências econômicas desastrosas”, uma vez que o distanciamento social voluntário em resposta a um aumento nos casos de covid-19 também tem graves impactos negativos na economia.

“Apesar de o relaxamento de medidas de lockdown poder levar a uma recuperação parcial, é provável que a atividade econômica permaneça reduzida enquanto houver riscos à saúde”, diz o documento.

Compartilhe