Jequié: PRF apreende 400 pássaros levados de forma ilegal; aves seriam vendidas em Feira

Os animais, que estavam “extremamente debilitados”, estavam em quatro gaiolas.

Foto: Divulgação / PRF-BA

Cerca de 400 pássaros foram resgatados na tarde desta quinta-feira (5) quando eram transportados de forma irregular e sem autorização ambiental. O flagrante foi feito às 16h30 na altura do km 677 da BR-116 em Jequié, no sudoeste baiano. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), os animais eram transportados no compartimento de bagagem de um ônibus. Havia quase 200 pintassilgos e 200 coleiros. Os animais, que estavam “extremamente debilitados”, estavam em quatro gaiolas. Trinta deles estavam mortos.

Interrogado, o proprietário das aves, um homem de 54 anos, disse que capturou os pássaros nas cidades paulistas de Ibiúna e Caucaia do Alto, com o uso de redes e armadilhas. O homem declarou ainda que venderia os animais em uma feira livre em Feira de Santana, com o custo em média R$ 35.

Um Termo de Constatação Ocorrência (TCO) foi lavrado em razão dos seguintes delitos: matar, perseguir, caçar, apanhar, vender espécimes da fauna silvestre e praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais da Lei Ambiental. Depois de resgatados, os animais foram encaminhados para o Inema de Jequié.

Compartilhe