Indução de parto na 39ª semana de gestação é benéfico para mãe e bebê, diz estudo

No grupo de partos induzidos, também foi menor o número de bebês com problemas respiratórios e de casos de hipertensão gestacional.

130

Induzir o parto normal na 39ª semana de gestação não aumenta a chance de cesárea, de acordo com um estudo desenvolvido por universidades dos Estados Unidos. O procedimento, na verdade, reduz o número de cirurgias e complicações para as mulheres e os bebês.

Entre as instituições envolvidas no estudo estão a Universidade de Northwestern, a Universidade do Texas Medical Branch e a Universidade de Washington. Mais de 6,1 mil mulheres foram divididas em dois grupos: metade induziu o parto na 39ª semana, enquanto a outra metade esperou as contrações naturalmente. Segundo o G1, no primeiro grupo, foram necessárias 19% de partos cesáreos, contra 22% do segundo.

“A preocupação é que a indução do parto aumentaria a taxa de cesariana e os problemas de saúde em recém-nascidos”, explicou Georges Macones, pesquisador na Universidade de Washington (EUA). “Nós encontramos que a indução na 39ª semana diminuiu o número de cesareanas”, completou.

No grupo de partos induzidos, também foi menor o número de bebês com problemas respiratórios e de casos de hipertensão gestacional.