Ibama prevê chegada de óleo à Baía de Todos os Santos e aciona plano urgente de contenção

O documenta considera a "gravidade do acidente ambiental com petróleo, que se estende por todo o litoral nordestino".

Foto: Divulgação

Para impedir que o petróleo que vem contaminando o litoral do Nordeste chegue à Baía de Todos-os-Santos, em Salvador, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) decidiu, em caráter urgente, acionar o plano de área da Baía de Aratu. Há cinco anos ele não era colocado em operação. As informações são do jornal O Globo.

O ofício que aciona o plano de área da Baía de Aratu, em caráter urgente, foi expedido na sexta-feira (11). O documento considera a “gravidade do acidente ambiental com petróleo, que se estende por todo o litoral nordestino”, e alerta que as manchas de óleo estão na “iminência de alcançar as regiões abrangidas pelo Plano de Área da Baía de Aratu”. O plano inclui a Baía de Todos os Santos.

O ofício é assinado pela coordenadora-geral de Emergências Ambientais, Fernanda Pirillo, pela coordenadora de Prevenção e Gestão de Riscos Ambientais, Cristiane de Oliveira, pela responsável pelo Núcleo de Emergências Ambientais na Bahia, Ana Reis, e pelo diretor de Proteção Ambiental, Olivaldi Azevedo.

Compartilhe