Haddad diz que PT quer contrapor Bolsonaro e lutar para Lula ser candidato em 2022

Ele desembarcou em Salvador para a reunião da Executiva nacional da legenda, que conta com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Foto: Reprodução/Twitter

O ex-prefeito de São Paulo e candidato à presidência da Repúblico pelo PT nas eleições de 2018, Fernando Haddad, afirmou que o partido precisa assumir o protagonismo para contrapor os ideais defendidos pelo governo de Jair Bolsonaro. Ele desembarcou em Salvador para a reunião da Executiva nacional da legenda, que conta com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro acontece no Campo Grande, em Salvador.

“Obviamente que o Lula vai nos ajudar a construir um projeto de nação. Estamos precisando contrapor, com propostas, para construir o que está sendo desconstruído por esse governo. O Nordeste, que está sendo preterido, precisa estar no centro das atenções. O Nordeste evoluiu muito nesse século, não podemos parar. Temos muito a fazer ainda”, disse Haddad.

Ainda segundo o petista, o PT vai buscar restabelecer a condição de Lula ser candidato novamente. “Vamos lutar pela recuperação dos seus direitos políticos, fazer justiça e anular essa sentença que foi dada por um juiz que não gostava dele. Juiz não pode gostar ou não gostar, tem que decidir com base no que está no processo”, declarou o ex-candidato.

Compartilhe