Governo da Itália admite que número de casos do Covid-19 pode ser 10 vezes maior

Seguindo a estimativa, pelo menos 640 mil pessoas teriam contraído a nova doença desde o início da crise.

Foto: Andrea Pirri/Getty Images

O chefe da Agência de Proteção Civil da Itália, órgão do governo que compila as estatísticas de Covid-19 no país, reconheceu hoje (24) que o número de casos do novo coronavírus no país pode ser dez vezes maior do que o reportado oficialmente. Segundo o último boletim, foram registrados 63.927 contágios e 6.077 mortes no país. “Um índice de um caso confirmado em cada dez é crível”, afirmou o chefe da agência, Angelo Borrelli, em entrevista ao jornal La Repubblica.

Seguindo a estimativa, pelo menos 640 mil pessoas teriam contraído a nova doença na Itália desde o início da crise. Na itália o número de testes para Covid-19 é limitado a pessoas em situação de internação. Ou seja, milhares de casos estão sendo ignorados, inclusive os assintomáticos, que causam dois terços das infecções.

Compartilhe