Governo da Bahia passa a administrar aeroporto de Paulo Afonso

Com o de Paulo Afonso, a Bahia passa a ter 11 aeroportos aptos a operar com voos regulares.

Foto: Divulgação

O Governo da Bahia passou a administrar o aeroporto de Paulo Afonso, na região do Vale do São Francisco, e será o responsável pela exploração do equipamento nos próximos 35 anos. A publicação do termo de convênio saiu no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira (13).

A gestão do aeroporto era feita pela Infraero, empresa federal brasileira vinculada ao Ministério da Infraestrutura (Minfra), e até o final do próximo ano será assumida definitivamente pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) da Bahia. Nesse período serão feitos os procedimentos necessários a fim de contratar uma nova concessionária para operar o equipamento.

Com o de Paulo Afonso, a Bahia passa a ter 11 aeroportos aptos a operar com voos regulares. A operação no aeroporto do município, localizado entre os estados de Alagoas, Sergipe e Pernambuco, é feita com aviação regular e geral e tem a capacidade de receber aeronaves com até 160 passageiros.

A Seinfra afirma ainda que está construindo os novos aeroportos de Bom Jesus da Lapa e de Senhor do Bonfim, com previsão de ser concluídos no segundo semestre de 2021. Além disso, a ampliação do aeroporto de Barreiras está na fase de análise de propostas.

Compartilhe