Governadores se unem para manter estados na proposta de reforma da Previdência

Se forem retirados da reforma, estados e municípios precisariam tentar aprovar mudanças em assembleias legislativas e câmaras municipais.

Foto: Luana Bernardino

Os governadores se mobilizam para evitar que estados e municípios sejam excluídos da reforma da Previdência. De acordo com o jornal O Globo, a decisão foi tomada no sábado (1°), depois que o relator da proposta, deputado Samuel Moreira (PSDB), em acordo com o governo, passou a admitir que vai excluir as mudanças nas regras de aposentadoria dos servidores estaduais e municipais.

Segundo Moreira, caberá aos líderes dos partidos na Câmara bater o martelo esta semana. Após reação negativa de governadores, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que prefere mantê-los no projeto , mas ponderou que a decisão é da Câmara e que ele não tem “nada a ver com isso”.

O plano do relator e da equipe econômica era facilitar a aprovação da reforma no Congresso. Apesar da severa crise fiscal dos estados, boa parte dos parlamentares, sobretudo do chamado “centrão”, resiste a mexer nas aposentadorias dos servidores públicos de seus estados. Moreira disse que levará o tema, “polêmico e grave”, aos líderes partidários antes de concluir seu texto.

Se forem retirados da reforma, estados e municípios precisariam tentar aprovar mudanças em suas assembleias legislativas e câmaras municipais.

Compartilhe