Fifa decide manter suspensão de Del Nero por mais 45 dias

A Fifa informou ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Marco Polo Del Nero que ele ficará suspenso por mais 45 dias. De acordo com o Estadão, a penalidade foi aplicada em dezembro.

O cartola ainda pode levar o caso à Corte Arbitral dos Esportes se for finalmente condenado, assim como fizeram Joseph Blatter, Michel Platini e Jerome Valcke. Todos, porém, foram derrotados.

Del Nero foi indiciado nos EUA ainda em 2015 por corrupção e crime organizado, mas se manteve no comando da CBF, evitando viajar ao exterior para não ser preso e extraditado aos EUA. Durante o julgamento do antecessor, José Maria Marin, em dezembro de 2017, Del Nero foi acusado de ter recebido US$ 6,5 milhões (R$ 21 milhões) em propinas, em troca de contratos comerciais com a CBF.

Metro1.

Compartilhe