Feira: Terceirizados da Uefs protestam contra salários atrasados

Além dos vencimentos, eles cobram vale-refeição e vale-transporte que estariam também atrasados há dois meses.

278

Cerca de 100 terceirizados da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) iniciaram um protesto nesta terça-feira (15) contra salários atrasados. Segundo a TV Subaé, os funcionários trabalham como auxiliares administrativos e reclamam que estão sem receber desde abril. Eles informaram que só voltarão às atividades com o pagamento dos atrasados. Além dos vencimentos, eles cobram vale-refeição e vale-transporte que estariam também atrasados há dois meses.

Conforme o sindicalista Adi Ribeiro, a situação “é crítica”. Os funcionários afirmam ainda que desde que a empresa responsável pelo serviço assumiu a função os salários são pagos com atraso, o que afeta a condição dos trabalhadores que estão com problemas até para se dirigir ao serviço. Alguns têm ido de pé para a universidade. À emissora, o reitor da Uefs, Evandro Nascimento, disse que os salários serão pagos nos próximos dias. O reitor também afirmou que outra empresa responsável pelo serviço deve ser contratada, o que deve ocorrer no começo de junho. Ainda segundo o reitor, mesmo com a paralisação dos trabalhadores as aulas não foram afetadas.