Feira de Santana: Câmara adia aumento de salário para vereadores, prefeito e vice

Dessa forma, eles continuarão a receber os valores em vigor desde 2013.

Foto: Câmara Municipal de Feira de Santana

Os vereadores de Feira de Santana decidiram adiar o reajuste salarial a que têm direito neste ano. Pela decisão, até 31 de dezembro de 2021, vereadores, o prefeito Colbert Martins (MDB) e o vice Fernando de Fabinho (DEM) não terão o salário aumentado.

A decisão foi anunciada nessa segunda-feira (12) pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Fernando Torres (PSD), em coletiva de imprensa. Ele justificou que não seria “justo, nem ético” que os agentes políticos tivessem um aumento no momento em que os demais servidores públicos terão que aguardar pelo menos até 1º de janeiro de 2022. “Que sejam contemplados todos em uma mesma data”, defendeu o edil.

Dessa forma, eles continuarão a receber os valores em vigor desde 2013. O prefeito tem como salário bruto a quantia de R$ 21.000,00 e o vice-prefeito, os vereadores e os secretários municipais ganham R$ 15.030,00. Se reajustados os valores, de acordo com o subsídio aprovado em 2019 para a atual legislatura, os salários passariam a ser de R$ 26.000,00 e R$ 18.991,00, respectivamente.

Compartilhe