Feira: Agressor ameaça ex-companheira com mensagens enviadas de dentro do presídio

De acordo com a direção direção do Conjunto Penal de Feira de Santana a denúncia é grave e os fatos serão apurados para que o autor seja responsabilizado.

Foto: Reprodução / TV Bahia

Um homem que está preso desde 2014 após agredir e torturar a ex-companheira na cidade de Feira de Santana, no Portal do Sertão, está ameaçando a mulher através de mensagens enviadas por meio de uma rede social. De dentro do Conjunto Penal de Feira, o agressor faz tortura psicológica com a a ex-companheira. “Tive um sonho maravilhoso, sonhei que eu dava tanto tiro na sua cabeça que ela rachou no meio”, diz uma das mensagens.

Conforme divulgou o Portal G1, as torturas começaram há cerca de oito anos, quando a mulher foi mantida em cárcere privado, torturada, teve os dentes quebrados com alicate, cabelos cortados com faca e ficou cega de um olho após Deleon furá-lo com um garfo.

A vítima segue com medo. “No dia que ele sair, ele vai dá um tiro em mim, na minha família, na minha mãe. [O ex-companheiro disse] Que ele odeia a minha família. Eu morro de medo. Estou aqui com medo”, disse ao site.

De acordo com a delegada Clécia Vasconcelos, será solicitada à justiça uma medida protetiva que impeça o agressor de telefonar para a ex-companheira. “Muitas vezes ele está recolhido no presídio e essas ameaças continuam. Sejam através de telefonemas ou mandando recado pelas visitas. Isso demonstra que a proteção à essa mulher vai além dessas forças que estão se unindo. A rede de proteção à mulher tem que ser ampliada”, disse.

De acordo com a direção direção do Conjunto Penal de Feira de Santana a denúncia é grave e os fatos serão apurados para que o autor seja responsabilizado.

Compartilhe