Fábrica clandestina de licor é interditada em Salvador

Operação no bairro de Cassange, fechou o estabelecimento nesta terça-feira.

Foto: Divulgação/SSP

Uma fábrica clandestina de bebidas alcoólicas foi fechada na tarde desta terça-feira (8). A ação do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) acabou com a prisão de dois homens. O local, sem alvará de funcionamento, fica localizado no bairro de Cassange, em Salvador.

Os responsáveis pelo local foram autuados em flagrante por crime tributário, econômico, contra o consumidor e por crime ambiental, por armazenar álcool de forma indevida. “Recebemos uma denúncia anônima sobre a fábrica clandestina. Encontramos o local em situação precária. Eles falsificavam bebidas e revendiam. Acionamos a Prefeitura, que interditou o lugar”, explicou a delegada Márcia Pereira, coordenadora da comissão responsável pela ação..

Ainda segundo a delegada, os fraudadores plotavam as garrafas com marcas de empresas com o CNPJ positivo e vendiam como se fossem delas. A dupla foi encaminhada para a sede da Dececap, onde estão à disposição da Justiça.

Compartilhe