Ex-técnico do Bahia, Lula Pereira morre aos 64 anos

Treinador comandou o tricolor em 2003 e 2006

Foto : Divulgação/Ceará

O ex-jogador e técnico Lula Pereira morreu ontem (7), apos 64 anos, vítima de problemas cardíacos decorrentes de um AVC sofrido há cerca de um ano. Ele foi treinador do Bahia em duas oportunidades: em 2003 e 2006. Como jogador, o zagueiro Lula acumulou passagens de destaques por Sport, Santa Cruz e Ceará, onde se consagrou no fim da década de 70.

Na carreira de técnico, Lula se destacou como um dos primeiros treinadores negros e nordestinos a ganhar espaço na elite do futebol nacional, feito que até hoje é bastante incomum. Em 2013, ele deu entrevista à revista Placar e disse: preto é visto como um “tampão” pelos clubes. “Já ouvi de empresários: ‘O pessoal do clube gostou do seu perfil, mas, me desculpe, você é preto’”, disse Lula.

O clube onde teve mais sucesso foi o Ceará, onde acumulou cinco passagens e três títulos estaduais. Também ganhou o Catarinense com o Figueirense em 1994, venceu a Série B do Brasileiro com o União São João, em 1996, e levou o América ao título mineiro de 2001.

Compartilhe